UA-40840920-1

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Colorama | Papo de Salão, tom Me Segura

Na minha primeira incursão pelos vernizes brasileiros (e sabendo, de antemão, que, neste momento, não sou a maior fã dos da Risqué, marca que já usei algumas vezes, mas que acaba por ser superada por outras, facilmente, nas minhas unhas), confesso que, na mesma medida que não foi difícil escolher a marca da vez, foi complicado encontrar um tom que ainda não tivesse, e que fosse algo que teria a minha cara. Um tom diferente, entre pastéis, neutros e outros, mais ou menos básicos, ou glitters sem aquele toque elegante, que não me chamaram a atenção. Trouxe, finalmente, da Colorama, o "Me segura", pelo nome e pelo acabamento, cremoso, que me pareceu mais próximo do que eu gosto, normalmente. 


O "Me Segura", da linha "Papo de Salão" é um laranja avermelhado muito vivo, próximo ao tom da laranja sanguínea (nome lindo!) que fica com um ar descontraído e divertido numas mãos mais morenas (que não é o caso das minhas, ainda bem branquelas, resultado da querida e simpática combinação entre trabalho em dias de sol e chuva frescote, quando há um tempinho livre).  Em duas camadas, o tom não fica opaco, mas dá-lhe um brilho, uma consistência e homogeneidade que me agradam. Mais do que isso, julgo que perderia na textura, demasiado grossa, mesmo tapando totalmente a unha.

Com uma textura realmente cremosa, que não escorre pela unha abaixo, pintando todo o dedo, este verniz/esmalte seca em alguns minutos, ficando bom para qualquer aventura passada meia hora, pelo menos. O mais engraçado é que, ao contrário dos outros, me secou melhor e mais rapidamente sem uma camada de protecção por cima, sozinho (vá-se lá entender!). Depois de seco aguenta em condições, com top coat, uns três dias decente, lascando no quarto (perde no tempo de secagem, mas ganha na durabilidade, já que, sozinho, o verniz aguenta ainda menos, numas mãos que lavam louça e mexem em água frequentemente).  


O pincel, não sendo dos que eu gosto mais, acaba por ser suficientemente bom para a textura cremosa, que não faz muito estardalhaço. É redondo, mas grandinho, e permite que, quando estamos a pintar as unhas, o pressionemos um bocadinho, ficando com um ar daqueles densos e largo. Menos mal. 

Por R$3,16 / 1€, encontrado facilmente nas drogarias por aqui, julgo que vou procurar outras linhas da Colorama para testar. Peca nas cores, que mereciam algo mais original, criativo e com ar diferente (à semelhança de alguns da Barry M, a esse nível) mas ganha no preço, que facilita experiências e descobertas de, quem sabe, futuros amores das minhas unhas.     

Já experimentaram vernizes/esmaltes da Colorama? Onde se vendem em Portugal, sabem? No Brasil encontram-se facilmente pelas drogarias.

4 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...